Pages

domingo, 19 de novembro de 2017

Jampa, "eu amei te ver, eu amei te ver!"



Não faz tanto tempo que voltei de João Pessoa - Jampa, para os íntimos - e já estou com vontade de voltar. Sinto falta de tomar água de coco todo dia (cada coco custava R$ 2 e, na barraca onde eu comprava, três cocos saíam por R$ 5; em São Paulo cada coco custa R$ 5) e caminhar na praia depois que o sol baixava, ou seja, a partir das 17h. O sol das 10h às 16h é cruel, então, sempre que podia, ficava jogada na cama dormindo ou lendo com a janela aberta e o ventilador ligado depois do almoço. 

Essa viagem me fez perceber que provavelmente conseguiria abrir mão de São Paulo para viver num lugar menos estressante. A vida cultural frenética me faria falta, é claro, mas daria para ser feliz da mesma forma. Eu não ficaria enlouquecida com tantas exposições, eventos culturais e estreias de filmes que me interessam, mas teria muito mais tempo para ler numa rede na varanda, por exemplo.

Visitei vários lugares turísticos maravilhosos e senti falta de ir a lugares mais frequentados por locais, por isso quero/ preciso voltar! Espero que consiga fazer isso no ano que vem.

Uma curiosidade: por ser o lugar mais oriental das Américas, o sol nasce primeiro lá. Às 4h30 da manhã já começava a amanhecer (!!). Me senti um pouco no verão da Islândia.

Essa viagem continua em outro post.


Um comentário: